Sidebar

28
Qua, Set
Sexta, 12 Agosto 2022 13:27

NOTA OFICIAL – Varíola dos macacos

Escrito por

A Secretaria Municipal de Saúde de Bebedouro (SP) confirmou o primeiro caso de Monkeypox, conhecida popularmente como varíola dos macacos. O diagnóstico aconteceu nesta sexta-feira (12/08). 

O paciente de 28 anos passa bem e está em isolamento domiciliar acompanhado por infectologistas da Vigilância Epidemiológica de Bebedouro. 

A Secretaria de Saúde orienta a população a tomar todos os cuidados para evitar a transmissão da doença, evitando, em especial, o contato íntimo ou sexual com pessoas que tenham lesões na pele e o compartilhamento de roupas de cama, toalhas, talheres, copos e objetos pessoais. 

Quem apresentar gânglios inchados (íngua) e os sintomas adicionais deve procurar a UPA ou a Vigilância Epidemiológica, localizadas no Hospital Municipal Júlia Pinto Caldeira. 

Doença - A varíola dos macacos é transmitida pelo vírus monkeypox, que pertence ao gênero orthopoxvirus. É considerada uma zoonose viral com sintomas muito semelhantes aos observados em pacientes com varíola, embora seja clinicamente menos grave. O período de incubação da varíola dos macacos é geralmente de seis a 13 dias, mas pode variar de cinco a 21 dias, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). 

Transmissão - Ocorre por contato próximo com lesões, fluidos corporais, gotículas respiratórias e materiais contaminados, como roupas de cama. E, segundo o órgão de saúde, a transmissão de humano para humano está ocorrendo entre pessoas com contato físico próximo com casos sintomáticos. 

Sintomas mais comuns:
• gânglios inchados (íngua)
• calafrios
• febre
• dor de cabeça
• dores musculares
• dor nas costas
• exaustão 

Como se prevenir 
• Evitar contato íntimo ou sexual com pessoas que tenham lesões na pele
• Evitar beijar, abraçar ou fazer sexo com alguém com a doença
• Higienização das mãos com água e sabão e uso de álcool gel
• Não compartilhar roupas de cama, toalhas, talheres, copos, objetos pessoais ou brinquedos sexuais
• Uso de máscaras, protegendo contra gotículas e saliva, entre casos confirmados e contactantes



Lido 345 vezes

Quantos online

Temos 311 visitantes e Nenhum membro online