Sidebar

Quarta, 05 Agosto 2020 09:04

234 mutuários recebem chaves das casas do Jardim São Carlos

Escrito por

A assinatura dos contratos e a entrega das chaves está sendo realizada evitando aglomerações, tudo com agendamento prévio. Em Bebedouro, a CDHU já entregou 1.109 moradias, incluindo as 234 unidades habitacionais desta entrega.

A Prefeitura de Bebedouro, por meio do Departamento Municipal de Habitação, Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), e Secretária de Habitação do Estado de São Paulo, realizaram a assinatura dos contratos e a entrega das chaves das 234 casas, localizadas no Jardim São Carlos. A cerimônia oficial de assinatura dos primeiros contratos e entrega das chaves, foi realizada através de live, exibida no Facebook, na página da Prefeitura de Bebedouro, nesta terça-feira (04/08).

As assinaturas e a entrega das chaves terão continuidade na quarta-feira (05/08), e quinta-feira (06/08). Sendo que as assinaturas estão sendo realizadas em horários previamente agendados entre as 8h e as 17h, no recinto de festas da Antiga Feccib. Já a entrega das chaves está sendo realizada nas casas do Jardim São Carlos, também com horário agendado.

Participaram do evento através da internet o vice governador do Estado, Rodrigo Garcia e o secretário de Habitação do Estado de São Paulo Flávio Amary. Direto do Palácio dos Bandeirantes, fizeram o descerramento da placa do novo conjunto habitacional.

Na ocasião o prefeito, Fernando Galvão, parabenizou todos os munícipes que conquistaram o sonho da casa própria, entregou as chaves de algumas moradias e agradeceu as parcerias que possibilitaram essa concretização, especialmente a CDHU e o Governo do Estado de São Paulo. Anunciando que o novo empreendimento recebe o nome de ‘Jardim Boa Esperança’. “Apesar desse conjunto habitacional em seu início no ano de 2016, ter enfrentado problemas em relação a empresa que iniciou sua construção, conseguimos superar essas dificuldades, através de um conjunto composto por parceria, amizade, respeito e credibilidade. Entregando residências de grande qualidade e ótima estrutura, permitindo fácil ampliação”, comenta o prefeito.

O vice governador, Rodrigo Garcia, lembrou que o Governo do Estado, investiu mais de R$ 30 milhões no empreendimento. E parabenizou os esforços empreendidos pelo prefeito, Fernando Galvão. “É um grande prazer participar das atividades ligadas a Bebedouro, nas conquistas ligadas a habitação e saúde em relação ao Hospital Estadual de Bebedouro. Nos últimos anos o prefeito mostrou ao Estado a importância da construção do novo hospital e demais investimentos”, afirma o vice governador.

O secretário de Habitação do Estado de São Paulo Flávio Amary, enfatizou que a entrega das casas é um momento extremamente especial. “Seguindo a determinação do governador e vice governador, daremos continuidade as ações já iniciadas, mesmo durante a pandemia, respeitando todas as regras de higiene e distanciamento social”.

O diretor de atendimento habitacional da CDHU, Marcelo Hercolin, informa que essas casas auxiliarão na transformação da realidade de muitas famílias. “O Governo do Estado, juntamente com o município tem como objetivo dar dignidade às pessoas. E mesmo enfrentando crises e pandemias, encontramos uma maneira segura para avançar com os projetos habitacionais em todo o Estado de São Paulo”.

O novo conjunto habitacional é composto de 234 casas com dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro, área de serviço e 56,67 m2 de área construída. As moradias foram entregues com as melhorias estabelecidas como diretrizes de qualidade pela CDHU, como piso cerâmico e laje em toda unidade habitacional, azulejos no banheiro inteiro e parcial na cozinha e área de serviço, caixilhos em aço galvanizado com pintura eletrostática, cobertura em estrutura metálica e sistema de aquecimento solar.

O empreendimento conta com infraestrutura completa: muretas de divisa entre as casas, redes de água, elétrica e esgoto; pavimentação asfáltica, drenagem, paisagismo, urbanismo, muros de arrimo, iluminação e passeio público.

O financiamento dos imóveis já segue as novas diretrizes da Política Habitacional do Estado de SP, que preveem juros zero para famílias com renda mensal de até cinco salários mínimos. Em Bebedouro, 96% dos contemplados estão nessa faixa de renda. Estas famílias pagarão praticamente o mesmo valor ao longo dos trinta anos de contrato, que sofrerá apenas a correção monetária calculada pelo IPCA, o índice oficial do IBGE.


Lido 1053 vezes

Quantos online

Temos 315 visitantes e Nenhum membro online